LC MS/MS (cromatografia/espectrometria de massa) - [AE-06 - LCMS]
 
 

Apresentação



A introdução da técnica de radioimunoensaio para dosagens hormonais, incluindo esteróides, causou uma verdadeira revolução na pesquisa e diagnóstico das endocrinopatias. Foram desenvolvidos métodos para dosagem de esteróides que utilizavam extração com solventes orgânicos, seguido algumas vezes, de cromatografia, e finalmente o radioimunoensaio. No entanto, para determinação de grande número de amostras houve necessidade de simplificar esses métodos, tornando a dosagem dos diversos hormônios esteróides menos específica, uma vez que há, com grande freqüência, reação cruzada com os diferentes esteróides. Além da reação cruzada, a dosagem direta não afasta a presença de outros interferentes, como por exemplo, anticorpos heterofílicos na dosagem de testosterona. Com a crescente busca por qualidade, estas limitações têm impulsionado o desenvolvimento de metodologias rápidas e menos suscetíveis a interferentes, como a cromatografia líquida (LC) acoplada à espectrometria de massas (MS). 

A cromatografia é um método físico-químico de separação. Ela está fundamentada na migração diferencial dos componentes de uma mistura, que ocorre devido a diferentes interações entre as fases móveis e estacionárias tornando-a uma técnica extremamente versátil e de grande aplicação. A espectrometria de massas utiliza o movimento de íons em campo eletromagnético para classificá-los de acordo com a relação massa/carga, oferecendo informação qualitativa e quantitativa sobre a composição atômica e molecular. 

Nosso principal objetivo é disponibilizar as dosagens dos hormônios esteróides por cromatografia líquida associada à espectrometria de massas em tandem (MS/MS) aos pesquisadores com projetos de pesquisa que envolvem a dosagem de hormônios esteróides.




 

Rede PREMiUM FMUSP
Av. Dr. Arnaldo, 455
Cerqueira César
CEP: 01246-903
São Paulo-SP
INSTITUCIONAL SERVIÇOS CONTATO